AS VARIANTES MILITARES

AS VARIANTES MILITARES

Postado em:
Blog - Aviões
- 01/06/2021 07:07:05

Embora tenha construído sua fama em icônicas linhas aéreas pelo mundo, o Constellation teve uma atuação quase tão importante na aviação militar. Ao todo, as diferentes forças armadas dos EUA compraram quase 40 por cento de todos os Constellation fabricados pela Lockheed, usando-os ao longo de cerca de três décadas, com aeronaves servindo até os anos 1970. Veja a lista e o que cada versão fazia.

XB-30 - Versão bombardeiro do C-69. Recebeu a designação de modelo L-051 e posteriormente L-249.
XC-69 - Designação para o protótipo Constellation. Um construído. O C-69 era a versão de transporte militar original da USAAF. C-69
C-69A - Proposta de versão de longo alcance do C-69.
C-69B - Versão proposta de longo alcance do C-69, projetada para transportar motores B-29 Superfortress para a China. Recebeu a designação de fábrica L-349.
C-69C-1 - Aeronave de transporte VIP, mais tarde designada ZC-69C-1. Apenas uma aeronave foi produzida. Recebeu a designação de fábrica L-549.
C-69D - Versão proposta de transporte VIP.
XC-69E - Protótipo XC-69 convertido em uma bancada de teste de motor. Era equipado com 4 motores Pratt & Whitney R-2800 Double Wasp.
EC-121D - Um “College Eye”.
C-121A - Versão de transporte militar do L-749 aprimorado introduzido em 1948. Piso reforçado, porta de carga na parte traseira esquerda da fuselagem.
VC-121A - Aeronave de transporte VIP, convertida do C-121A.
VC-121B - Transporte VIP para uso do presidente dos Estados Unidos.
C-121C - R7V-1 com motores R-3350-34 com 2.536 kW (3.400 hp) cada, com base no L-1049.
JC-121C - Dois C-121C e um TC-121C usados ​​como bancos de teste de aviônica.
NC-121C - Um C-121C convertido para uso permanente como base de teste.
RC-121C - Radar aerotransportado de longo alcance da USAF análogo ao WV-2 da Marinha.
TC-121C - Nove RC-121C convertidos como treinadores AEW, que, posteriormente, tornaram-se EC-121C.
VC-121C – Quatro versões VIP do C-121C.
EC-121D - Variante de alerta antecipado Big Eye/College Eye/Disco, originalmente designada RC-121D.
NC-121D - WV-2 convertido para observar objetos em alta velocidade na atmosfera apelidado de “Tripple Nipple”.
RC-121D - WV-2 com tanques de combustível nas pontas das asas, posteriormente redesignado EC-121D.
VC-121E - Transporte VIP para uso do presidente dos Estados Unidos.
YC-121F - Dois protótipos R7V-1 com turbo-hélices Pratt & Whitney T34-P-6 com 4.476 kW (6.000 shp) cada.
C-121G - 32 Navy R7V-1 entregues à USAF
TC-121G - Designação dada a 9 C-121G convertidos em treinadores.
VC-121G - Um C-121G com a função de transporte VIP temporário.
EC-121H - 42 EC-121D com eletrônica atualizada.
C-121J - Redesignado R7V-1 pela Marinha.
EC-121J - 2 EC-121D com eletrônica atualizada.
NC-121J - 7 C-121J modificados para enviar transmissões de televisão às tropas no Vietnã.
VC-121J - 4 C-121J convertidos para uso VIP. Um serviu com os Blue Angels.
EC-121K – Redesignados WV-2 Warning Star pela Marinha.
JC-121K - Um EC-121K usado como uma base de teste de aviônicos.
EC-121K - Usado pela Marinha.
EC-121L - Redesignado WV-2E pela Marinha.
EC-121M - Redesignado WV-2Q pela Marinha.
WQC-121N - Redesignado WV-3 pela Marinha.
EC-121K equipado para guerra antissubmarino.
EC-121D com eletrônica atualizada
EC-121R “BatCat”
EC-121K e EC-121P - Equipados para processar sinais de instrumentos sísmicos.
NC-121S - Versão de guerra e reconhecimento eletrônico.
R7V-1 - Redesignação do R7O-1. Mais tarde, redesignado C-121J.
R7V-1P - Um R7V-1 modificado para uso no Ártico.
R7V-2 - Quatro protótipos com turbo-hélices Pratt & Whitney YT34-P-12A de 3.088 kW (4.140 shp) cada. Dois foram entregues como aeronaves protótipo YC-121F.
PO-1W - Duas aeronaves de patrulha marítima equipadas com radar de busca baseadas no L-749, posteriormente redesignadas WV-1.
PO-2W Warning Star - Aeronaves aerotransportadas de longo alcance, motores R-3350-34 ou R-3350-42 com 3.400 hp (2.536 kW) cada, com base no L-1049, posteriormente redesignadas WV-2.
WV-1- Redesignação do PO-1W.
WV-2 Warning Star - Redesignação do PO-2W. Mais tarde, renomeado EC-121K.
WV-2E - Versão experimental do WV-2 modificada para carregar uma carenagem de radar rotativa semelhante à do Boeing E-3 Sentry. Posteriormente, redesignada EC-121L.
WV-2 equipado para guerra eletrônica, mais tarde, redesignado EC-121M.
WV-3 - Oito aeronaves equipadas para reconhecimento meteorológico. Mais tarde, renomeadas WQC-121N.
XW2V-1 - Uma versão planejada do radar do WV-2 com as asas do Starliner para a Marinha dos Estados Unidos. Teria incluído quatro motores Allison T56-A8 e mísseis para proteção contra invasores. Consideravelmente diferente de seus predecessores, recebeu a designação de produção Lockheed L-084.


Crédito da foto: constellation-in-flight-2.jpg.pc-adaptive.1280.medium.jpg (1280×1014) (lockheedmartin.com)
Quer saber mais? Assine o Aeorobook até em Junho e receba em Julho o livro sobre o Constellation.